Ferrovias, Setor Ferroviário

Setor ferroviário brasileiro: Qual é a sua importância!

Quando falamos do setor ferroviário brasileiro, estamos tratando de um dos principais modais de transporte de cargas e de pessoas do Brasil e do mundo. Como nosso público é nacional, precisamos abordar a história desse importante setor aqui no país. O início dessa história se deu em 1852, quando o primeiro trecho ferroviário foi concedido ao futuro Barão de Mauá, Irineu Evangelista de Souza. A obra demorou dois anos para ser inaugurada e, em 1854, o trecho tinha em torno de 14,5 km de extensão, interligando a cidade do Rio de Janeiro até Petrópolis, ambos os municípios no estado carioca.

A partir daí os investimentos nesse setor cresceram durante longas décadas e esse era apontado como o principal modal de transporte de cargas do país. O crescimento contínuo do setor foi interrompido durante o governo de Juscelino Kubitschek, na década de 60, quando o então presidente passou a priorizar os investimentos no setor rodoviário. Dessa forma, o setor ferroviário brasileiro passou por um longo período de recessão, principalmente por conta dos modelos de investimentos que eram feitos no século passado. A partir da década de 90, com uma mudança importante na legislação brasileira, que permitiu uma maior flexibilidade de investimentos da iniciativa privada, o setor voltou a receber investimentos, diversas vias foram reestruturadas e novas passaram a surgir. Atualmente, o setor ferroviário segue como o segundo principal modal de transporte do Brasil, ainda muito atrás do setor rodoviário, mas com muita importância no transporte de cargas e no escoamento de materiais e insumos para os portos brasileiros.

O foco do nosso texto a partir de agora será abordar a importância do setor ferroviário brasileiro nos dias atuais. Dessa forma, faremos apontamentos sobre como o setor é composto, quais são as principais cargas movimentadas e suas quantidades, o número de trabalhadores atuando nesse setor e muito mais. Continue com a gente e venha conhecer mais sobre a importância desse setor em especial para a economia do país. 

Movimentação de cargas do setor ferroviário brasileiro

Movimentação de cargas do setor ferroviário brasileiro

O setor ferroviário brasileiro é importante por diversos motivos. Um dos principais é pela quantidade de cargas movimentadas, abastecendo diversas cidades brasileiras, bem como os portuários nacionais, espaços fundamentais para a exportação de itens produzidos e extraídos em nosso território. Os principais itens movimentados pelos transportes ferroviários são os produzidos nas indústrias de base, como minérios, grãos, insumos agrícolas, milho, soja, entre outros.

Como mencionamos, a mudança nos moldes de como as ferrovias passaram a ser administradas ocorreu a partir da década de 90, quando as ferrovias passaram a ser controladas majoritariamente pela iniciativa privada através de concessões arrematadas em leilões. Os investimentos aumentaram e, consequentemente, as cargas movimentadas foram crescendo também.

De acordo com dados da Agência Nacional do Transporte Ferroviário (ANTF), no ano de 2019 o número de cargas movimentadas no setor ferroviário brasileiro foi 95% maior do que em 1997, quando houve a principal mudança legislativa no trato da administração ferroviária. Em 2019, foram movimentadas 493,8 milhões de toneladas úteis (TU), muito superior às  253 milhões de toneladas úteis transportados no final do século passado. Ainda segundo dados da agência, o principal produto transportado no ano passado foi o minério de ferro.

Ainda que o maior modal de transporte do Brasil seja o rodoviário, importantes itens de produção e exportação têm as ferrovias como as principais vias de escoamento. Dados da ANTF apontam que 40% dos produtos agrícolas, 50% do transporte de açúcar e 92% da movimentação de minérios de ferro é realizada pelas vias ferroviárias.

A ANTF, que é a principal agência reguladora e que realiza diversas pesquisas e apontamentos acerca do setor ferroviário brasileiro, apresenta ainda uma série de dados importantes acerca do transporte de cargas nos últimos anos. Ela aponta, por exemplo, que apesar do crescimento nos investimentos no setor em um passado recente, o setor ferroviário brasileiro ainda está muito atrás do setor rodoviário brasileiro, que se estabeleceu como o principal setor de transporte de cargas do país. A estimativa da agência é de que apenas 20% das cargas transportadas atualmente sejam movimentadas nas ferrovias, enquanto que as rodovias transportam cerca de 65% de todos os insumos do país.

Importância financeira do setor ferroviário brasileiro

Importância financeira do setor ferroviário brasileiro

O setor ferroviário brasileiro sempre teve grande importância para as finanças brasileiras. Como percebemos, o setor foi preterido pelo setor rodoviário durante um longo período, pois os governos vigentes viram nesse setor um espaço vantajoso financeiramente e, por isso, investiram no crescimento das rodovias. Apesar disso, as ferrovias sempre tiveram grande importância econômica para o país e ainda têm hoje em dia. É fácil de entender esse ponto, basta apenas ver os números de investimentos realizados nesse setor.

Só no ano de 2019 foram investidos 3,3 bilhões de reais para a expansão do setor ferroviário brasileiro. Com a mudança no molde de administração das linhas, os governos passaram a investir novamente no setor para que os leilões de linhas gerassem lucros para os cofres públicos, visto que, como as concessões duram um certo período de tempo, periodicamente o governo lucra com a venda da concessão da linha. Para exemplificar melhor, podemos citar o leilão vencido pela empresa RUMO no ano de 2019, em que a empresa arrematou dois trechos da Ferrovia Norte Sul por mais de 2 bilhões de reais.

Outro fator importante, economicamente falando, que o setor ferroviário apresenta, principalmente em relação a outros setores, é a facilidade da logística. As linhas ferroviárias são vantajosas porque permitem um transporte de cargas muito maior em um só veículo, visto que um trem costuma ter mais de 100 vagões, possibilitando o transporte de uma enorme quantidade de cargas em uma viagem só. Além disso, comparadas às rodovias, as vias férreas não tem pedágio, tem menor custo de abastecimento dos veículos, não tem trânsito e, por isso, tornam-se espaços atrativos para que os investimentos cresçam e se superem continuamente. 

Número de funcionários

Número de funcionários

Para finalizar, é fundamental mencionar a geração de empregos que o setor ferroviário brasileiro concede para os brasileiros. O setor demanda de diversos trabalhadores nas empresas que administram, na condução dos trens, na montagem das ferrovias, na manutenção dos trilhos, no controle das atividades e nas demais operações.

De acordo com os dados da ANTF, a geração de empregos dentro do setor aumentou mais de 200% de 1997 até o ano passado, enquanto que nas décadas passadas o número de trabalhadores nesse setor era de 13.506, atualmente são cerca de 41.632 pessoas trabalhando para o desenvolvimento, manutenção e crescimento do setor ferroviário brasileiro.

Conclusão

Podemos concluir com o artigo apresentado que o setor ferroviário tem grande importância econômica para o Brasil. Uma enorme quantidade de produtos são transportados nesse setor, a geração de empregos é bastante grande e, por isso, o setor se estabelece no Brasil como um dos principais modais de transporte de cargas.
Fique por dentro sobre o setor ferroviário no nosso Blog!

Fontes: https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/03/28/rumo-vence-leilao-de-trecho-da-ferrovia-norte-sul.ghtml

https://portogente.com.br/portopedia/112739-ferrovias-importancia-para-o-transporte-de-carga

https://dados.antt.gov.br/group/ferrovias?res_format=CSV&organization=agencia-nacional-de-transportes-terrestres-antt&_tags_limit=0&groups=ferrovias

https://www.cnt.org.br/agencia-cnt/volume-cargas-transportadas-ferrovias-cresce-10-um-ano

https://www.antf.org.br/informacoes-gerais/#:~:text=A%20maior%20malha%20ferrovi%C3%A1ria%20do,quil%C3%B4metros

https://www.antf.org.br/informacoes-gerais/#:~:text=Avan%C3%A7o%20cont%C3%ADnuo%20em%20mais%20de%20duas%20d%C3%A9cadas%20de%20concess%C3%A3o&text=As%20ferrovias%20de%20cargas%20ampliaram,253%20milh%C3%B5es%20de%20toneladas%20%C3%BAteis.

https://brasilescola.uol.com.br/geografia/ferrovias.htm

https://www.antf.org.br/historico/

Deixe seucomentário

pt_BR
en_US es_ES pt_BR