Balanças Ferroviárias, Ferrovias

Entenda a importância da Manutenção ferroviária

O pleno funcionamento de uma ferrovia depende de diversos fatores. Entre eles, a manutenção ferroviária é um dos principais. Essa manutenção se refere aos cuidados corriqueiros que as empresas que administram as linhas devem ter em relação aos trilhos e também à qualidade dos trens que se movimentarão por essas ferrovias. 

A manutenção ferroviária é feita por técnicos em manutenção ferroviária, com o auxílio de diversas tecnologias, com o objetivo de eliminar ou consertar possíveis defeitos na estrutura dos trilhos, muitos por conta dos desgastes naturais que essas estruturas sofrem com o constante atrito das rodas do trem. Além disso, é importante realizar a troca de alguns componentes estruturais regularmente, como parafusos, porcas e arruelas, garantindo assim maior segurança para as longas viagens que os trens realizam constantemente.

Nas últimas décadas, principalmente na metade do século passado, até os dias de hoje, o setor ferroviário sofreu bastante com o descaso em relação aos cuidados com as ferrovias. Devido à priorização de investimentos no setor rodoviário, as ferrovias foram sucateadas e, algumas, abandonadas. 

Com a mudança na regulamentação do modelo de concessão, estabelecido na década de 1990, empresas privadas passaram a administrar as ferrovias e, com isso, novos investimentos surgiram, tanto na criação de novas linhas ferroviárias, como na revitalização das linhas abandonadas.

Para que as linhas tenham capacidade produtiva o suficiente para atender à demanda do mercado, a manutenção ferroviária tanto das linhas abandonadas quanto das mais recentes é fundamental, já que é esse processo que garante que os trilhos e trens estarão sempre em condições para realizar os tranporte de cargas de maneira segura e eficiente.

Importância da manutenção ferroviária para evitar o desgaste

Manutenção dos trilhos ferroviários

O desgaste ferroviário é um dos principais problemas que acomete a estrutura das linhas ferroviárias. A manutenção ferroviária existe justamente para evitar que o desgaste dos trilhos do trem atrapalhe o transporte em diversas linhas ferroviárias brasileiras.

Existem diferentes tipos de desgaste que podem afetar os trilhos do trem. Cada um deles requer uma manutenção específica, indo de acordo com o problema encontrado. Os principais desgaste são:

  • Desgaste lateral;
  • Desgaste ondulatório;
  • Desgaste vertical;
  • Desgaste de boleto.

Para saber mais sobre os tipos de desgastes recorrentes no trilho ferroviário e onde é necessária ser feita regularmente a manutenção ferroviária, clique aqui.

Bom, esses diferentes tipos de desgastes podem causar uma série de problemas que atrapalham o funcionamento da linha férrea e podem gerar prejuízo para a empresa que administra a linha.

O boleto, por exemplo, é a parte superior da composição dos trilhos, e é a superfície que entra em contato direto com a movimentação das rodas dos trens. Por ser uma estrutura primordial para a trajetória da linha, o desgaste do boleto pode afetar diretamente a qualidade da roda. 

Se as rodas do trem não encontram uma superfície linear e bem estruturada, elas podem sofrer deslocamento, causando inclusive o descarrilamento do trem. Além dos prejuízos incontáveis para a empresa, que podem perder suas cargas, a segurança dos operadores dos trens é colocada em risco nesse tipo de ocasião. 

Em casos menos drásticos, o desgaste dos trilhos pode “apenas” atrapalhar o fluxo dinâmico do transporte de cargas. Se no meio do trajeto os operadores identificarem problemas aparentes nas vias por conta desses desgastes, eles podem constatar a necessidade da manutenção ferroviária fora do horário determinado, ou seja, em pleno expediente.

Nesse caso, a logística de transporte da empresa pode sofrer com atrasos, fazendo com que as cargas demorem mais para serem entregues nos destinos planejados. Justamente por fatores como os citados é que a execução da manutenção ferroviária nos períodos planejados é tão fundamental.

Regulação das balanças ferroviárias

Regulação das balanças ferroviárias

Em toda linha ferroviária existe um peso máximo que pode ser transportado durante uma viagem. No processo de pesagem, são levados em conta o peso da estrutura dos vagões e o da carga transportada por eles. O valor máximo permitido é determinado de acordo com o tipo de trilho de trem que há na via.

Como você pode conferir aqui, os trilhos de trem são classificados pelo peso por metro de cada barra. Ou seja, um trilho que é nomeado TR 45, pesa 45 kg por metro. Essa classificação é fundamental para determinar as pesagens suportadas para cada tipo de trilho.

A pesagem dos vagões e das cargas transportadas em uma viagem é realizada pelas balanças ferroviárias. Existem dois tipos principais de balanças ferroviárias: as estáticas e as dinâmicas. A estática, como o próprio nome já entrega, realiza as pesagens dos vagões e das cargas com os trens parados. Já as dinâmicas, por sua vez, conseguem realizar o cálculo do peso estrutural dos trens mesmo com eles em movimento.

A qualidade e o funcionamento de uma balança ferroviária é fundamental para evitar desgastes nos trilhos ferroviários e, por isso, tem suma importância na área da manutenção ferroviária.

O funcionamento das balanças é simples: o vagão é posicionado sobre elas que, através de sistemas computadorizados, realizam a pesagem e emitem os resultados para uma central de comando especializada.

A obtenção desses resultados é essencial para determinar as ações seguintes, pois, por exemplo, se o trem carregar um peso maior do que o máximo estipulado, é natural que os trilhos sofram com problemas estruturais por conta dessa sobrecarga, tornando ainda mais fundamental a manutenção ferroviária na via.

Justamente por essa relevância que as balanças ferroviárias têm, é indispensável que elas estejam regulamentadas, ou seja, elas precisam calcular precisamente os pesos dos vagões que se posicionam sobre elas.

A regulação das balanças ferroviárias faz parte dos processos de manutenção ferroviária, uma vez que a precisão ao medir faz com que os trilhos sofram menos com o sobrepeso de cargas durante as viagens.

Assistência técnica da Massa Pesagem e Automação Industrial

Assistência técnica da Massa Pesagem e Automação Industrial

Se é qualidade e eficiência em assistência técnica para a balança ferroviária da sua empresa que você quer, a Massa Pesagem e Automação Industrial tem o melhor serviço do mercado para oferecer. 

Contamos com profissionais qualificados, tecnologia de ponta e uma política rígida no controle da qualidade dos nossos serviços, que oferecem para você uma assistência técnica completa nas balanças ferroviárias, garantindo a eficiência do equipamento e cálculos de pesagens sempre assertivos.

Para evitar a ocorrência de problemas estruturais e a manutenção ferroviária fora de hora, bem como prejuízos logísticos durante o transporte, a Massa Pesagem e Automação Industrial garante para a sua empresa um serviço qualificado em calibragem das balanças, além de reparos estruturais que diminuem os riscos de pane ou falta de precisão na pesagem dos vagões. 

Conclusão sobre a manutenção ferroviária

Podemos concluir com o artigo que a manutenção ferroviária é um aspecto fundamental para a qualidade de qualquer linha ferroviária. O planejamento assertivo e a execução prática das manutenções garantem o pleno funcionamento da linha, evitando desgastes expressivos nos trilhos ferroviários. Além disso, as balanças ferroviárias têm papel fundamental na qualidade e durabilidade dos trilhos, e é através da assistência técnica de empresas como a Massa Pesagem e Automação Industrial que as balanças ferroviárias estarão sempre calibradas e em condições ideais para a realização das pesagens. 

Fontes ?
https://www.mecanicaindustrial.com.br/842-manutencao-ferroviaria/

https://www.mt.com/br/pt/home/library/FAQ/laboratory-weighing/Balance-Scale-Service-Calibration.html
https://massa.ind.br/balanca-ferroviaria/

https://www.balancasprecisa.com.br/manutencao-balanca-ferroviaria.html
https://blog.knwaagen.com.br/dicas-para-acompanhar-calibracao-de-balancas/

Deixe seucomentário

pt_BR
en_US es_ES pt_BR